fechar busca

A igreja está localizada em Tóquio, mais precisamente em Tomigaya, próxima a estação Yoyogi-Hachiman. A construção ocupa uma área por volta de 948 m² e é composta por três andares, mais um subsolo.

Durante a elaboração do projeto, duas grandes preocupações tinham que ser levadas em consideração, a primeira era de que o prédio não provocasse sombras sobre as pequenas casas vizinhas e a segunda era que ele deveria ter uma certa distância da rua, pensando na futura entrada que levaria a uma estação de trem subterrânea.

Assim, houve a decisão de se ter apenas três andares, atendendo a primeira exigência, e um recuo de 15 m da rua, atendendo a segunda.

Sua fachada principal remete as portas tipicamente japonesas, feitas de shoji, aquela folha de papel bem fina, com sua estruturação em madeira, geralmente bambu.

A ideia foi a mesma, pois a proposta era a de criar um ambiente que fosse bem iluminado, mas livre de um clarão excessivo, tendo então vidros de dupla camada, sendo a externa de um vidro translúcido, enquanto a interna uma mistura de vidro e uma espécie de tecido feito com fibras de vidro.

A camada dupla de vidro, também auxilia na diminuição de ruídos externos, o que transforma o ambiente interno em um espaço calmo, tranquilo e propício para a realização das missas e meditações.

O resto de sua construção é feita em concreto reforçado com aço e steel frame. A parte administrativa e salas comunitárias, ficam localizadas no andar térreo. Acima deste, encaminhada por uma escadaria aberta que leva ao lado norte, há a capela principal, com pé direito duplo e amplo espaço, ilimunada naturalmente pelos vidros citados anteriormente, que remetem ao shoji, e artificialmente por pedentes espalhados pelo local.

Uso

religioso

Cidade

Tóquio

Arquiteto

Maki and Associates

Fotógrafo