fechar busca

Com seus 700m2, o London Metropolitan University Graduate Centre se destaca em meio a Holloway Road.

A construção se trata da junção de três volumes geométricos de ângulos diferentes, cobertos com painéis de aço inoxidável, que dão à superfície um aspecto “reluzente”.

Internamente, possui portas, janelas e vãos que acompanham essa linha de ângulos diversos.

As grandes janelas ficam sendo as responsáveis pela entrada de luz natural. Segundo o próprio arquiteto, Daniel Linbeskind, o prédio se “encaixa” dentro do contexto da rua, proporcionando uma relação entre o público, o prédio em si e o prédio antigo que fica logo atrás, também pertencente a universidade.

O próprio arquiteto chama o projeto de “Orion”, se referindo à constelação, dizendo que esta foi a inspiração para o desenvolvimento do projeto. E, por curiosidade, a sala que fica na parte de cima possui sua iluminação em forma da constelação Orion.

Um dos motivos que levaram a London Metropolitan University a desejar um projeto como esse, foi o fato de acreditar que um design de alta qualidade pode auxiliar no incentivo ao aluno, de maneira que ele se sinta valorizado. Tanto os prédios quanto alguns espaços dentro deles também podem ser usado para eventos públicos.

Prêmios:

2005 Royal Fine Arts Commission Trust, Building of the Year Award,   Jeu D’ Esprit, for London Metropolitan University

2004 RIBA Award

Uso

educação

Cidade

Londres

Arquiteto

Daniel Libeskind

Fotógrafo