fechar busca

A Livraria da Vila possui cinco unidades, mas a mais conhecida obra do arquiteto Isay Weinfeld é a livraria da Alameda Lorena, que inclusive já recebeu dois prêmios internacionais.

Uma das características que mais chamam atenção em sua obra, é a forma com que os livros são distribuídos em seu interior, ao mesmo tempo em que é criado um ambiente aconchegante e bem eclético.

O uso da madeira é predominante, mas o material entrosa perfeitamente com o vidro e o concreto. O espaço já marca presença logo na entrada, que dá acesso direto à rua, com prateleiras fechadas por vidro, que servem de local para exposição dos livros à venda e também como portas de entrada.

Para melhor circulação pelo espaço, foi evitado o uso de pilares que ficassem no meio do caminho atrapalhando a passagem. No projeto da livraria do Shopping Cidade Jardim, possui uma escala três vezes maior que o da Alameda Lorena.

O local, onde predomina o pé direito duplo, conta com um mezanino, que possui espaço para vendas de cds e um auditório de 82 lugares.

Como no outro projeto, a intenção é a de ter os livros como peça principal, de forma que estes são dispostos de diversas formas, variando desde prateleiras até mesas.

Outros dois elementos que marcam presença no local, são as duas escadas esculturais, pintadas de amarelo, que foram postas de forma harmonioza perante os outros materiais escolhidos, como a madeira, o aço e o vidro.

Uso

interiores

Cidade

São Paulo

Arquiteto

Isay Weinfeld

Fotógrafo