fechar busca

Localizados no Southbank Centre, Hayward Gallery e Queen Elizabeth Hall foram construídos nos anos de 1967 e 1968, sendo referências daquilo que chamavam de arquitetura brutalista, que fazia o uso do concreto armado aparente.

A entrada da Hayward Gallery era, originalmente, semelhante a do Queen Elizabeth Hall, com portas de alumínio “encaixadas” dentro daquela estrutura toda feita de concreto porém, em 2003, esta foi reprojetada por Haworth Tompkins, que refez toda a parte da frente em vidro, possibilitando a entrada abundante de luz natural em seu foyer. Um outro pavilhão em formato oval foi projetado, também em vidro, por Dan Graham.

As três torres de concreto que passam por dentro da construção dão acesso aos elevadores social e de serviço e aos dutos de serviço.

O Queen Elizabeth Hall possui um auditório que comporta 900 assentos. Junto dele há mais dois espaços, o Purcell Room com 370 assentos e o The Front Room. Seu foyer também possui uma ótima entrada de luz natural.

Alguns espaços, que originalmente eram de circulação do público, tiveram que ser fechados por motivo de segurança, já que a construção é bem antiga.

A localizada no subsolo desses dois espaços, foi “recentemente” modificada por alguns grafiteiros, sendo atualmente um dos locais mais populares de Londres onde os skatistas costumam frequentar. Fotógrafos, “BMXers” e muitos outros tipos de pessoas vão hoje ao local.

Uso

entretenimento

Cidade

Londres

Arquiteto

Hubert Bennett

Fotógrafo