fechar busca

Projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, em uma área de 804 mil metros quadrados, o Centro Administrativo de Belo Horizonte, é composto por seis edificações principais — que abrigam a sede do governo, secretarias de estado, centro de convivência, auditório, prédio de serviços, praças de alimentação e restaurantes, sendo o *Palácio Tiradentes* a atual sede do governo.

A ousada construção é o maior prédio suspenso do mundo e considerado uma das mais atrevidas obras do arquiteto Oscar Niemeyer em seus 70 anos de carreira.

O edifício possui um vão livre de 147 metros de comprimento e 26 metros de largura. Ali estão instalados a Governadoria e a Vice-Governadoria, Gabinete Militar, Secretaria de Estado de Governo, Secretaria de Estado de Casa Civil e Relações Institucionais, Assessoria de Imprensa e Cerimonial. O novo edifício substitui antigas funções do Palácio da Liberdade, prédio histórico na praça de mesmo nome, em Belo Horizonte.

Revestido totalmente em vidro, o Palácio Tiradentes foi construído sobre 30 pilares metálicos provisórios, que permitiram a realização da obra na ordem natural, do primeiro pavimento até a cobertura. Ao todo, são 1.080 cabos presos em 15 vigas de concreto de 20 metros de comprimento e 3,4 metros de altura, localizadas na parte superior e apoiadas em dois grandes pórticos paralelos de concreto armado. A estrutura do prédio foi concebida para suportar cargas em torno de 34 mil toneladas.

Além dos quatro pavimentos, a edificação é formada por subsolo e pilotis, totalizando 21 mil m² de área construída. Em seu interior, há um salão de 1.200 m² de área, cuja finalidade é abrigar solenidades oficiais.

*Mais*
http://www.mg.gov.br

Uso

arquitetura

Cidade

Belo Horizonte

Arquiteto

Oscar Niemeyer

Fotógrafo

Raul Di Pace