fechar busca

O prédio foi construído a partir da parceria entre a Glasgow Caledonian University e a Britannia Life.

Sua construção irregular é composta por fachadas urbanas, feitas de tijolos, nas faces sul e oeste e um elemento elíptico na face norte, coberto de painéis de neoparies brancos, que foram usados pela primeira vez em uma construção no país, e vidro fumê.

O prédio é parcialmente aberto a todos os alunos, devido os departamentos administrativo e, principalmente, financeiro, tendo assim sua entrada meio oculta, na face leste, na junção da parede de tijolos com a de vidro, atrás dos pilares.

Uso

educação

Cidade

Glasgow

Arquiteto

Keppie Architects

Fotógrafo