fechar busca

O Ara Pacis Museum foi projetado em função de um antigo altar de sacrifícios feito de mármore, datado do século 9 a.C, época do Imperador Otávio Augusto, em comemoração a Pax Romana.

Originalmente o Ara Pacis ficava no lado norte da cidade, porém acabou sendo soterrado e ficou perdido por cerca de mil anos, quando então foi redescoberto e reinaugurado em 1938 durante a era de Mussolini.

Nos anos 50 houve uma restauração do pavilhão onde se encontrava e somente nos anos 80 o altar foi devidamente restaurado.

Por volta dos anos 90, notou-se que o altar vinha se deteriorando por conta de agentes poluentes, o que levou a construção do novo museu em 1995, local onde se encontra atualmente.

O museu está localizado em Roma, próximo ao Rio Tibre e a Piazza Augusto Imperatore. A construção é possui estrutura feita de concreto, janelas de vidro e acabamento em mármore e travertino romano.

Internamente, o ambiente é bem iluminado por luz natural, que penetra também através da clarabóias, evitando qualquer tipo de sombra sobre o altar.

Além de guardar o precioso altar, o museu oferece espaços que podem ser usados para exposições temporárias, além de uma biblioteca de última geração e um espaço onde há um bar e café, encontrado no terraço.

Uso

expo

Cidade

Roma

Arquiteto

Richard Meier

Fotógrafo