fechar busca

O 88 Wood Street, localizado entre a Catedral de St Paul e o Moorgate, totalizando uma área de 33 mil metros quadrados, em três blocos de diferentes alturas, um de 10 andares, outro de 14 e um terceiro de 18, que se alinham em forma de escada.

Seu primeiro projeto foi feito em 1990, a pedido da Daiwa Europe Properties, no entanto, com a queda financeira não foi possível ser concretizado, ficando parado por três anos.

Posteriormente, foi feito um novo projeto melhorado, agora maior, mais econômico e de melhor qualidade que o primeiro e que atualmente vem sendo considerado um dos melhores prédios comerciais de Londres.

O prédio foi erguido no lugar de duas antigas centrais telefônicas.

Sua fachada é feita com vidro de tripla camada e de baixo teor de ferro, o que proporciona alta transparência.

Ela possui um excelente controle climático e um sistema que dá uma aparência externa nítida e uniforme.

A parte interna possui uma cavidade entre as duas primeiras camadas e a terceira, onde existe uma “película perfumarada” que faz a função de cortina, sendo esta controlada por fotocélulas capazes de detectar as condições luminosas, localizadas no topo da construção, que auxiliam no ajuste do ângulo dessa película, minimizando a alta luminosidade, o calor em excesso e o a energia interna consumida.

Prêmios:

2002 The American Institute of Architects London/UK Chapter Excellence in Design Award Winner

2000 RIBA Award/Stirling shortlist

2000 Civic Trust Award

2000 Royal Fine Art Commission Trust Award

2000 Royal Academy Summer Exhibition Bovis/Lend Lease Award for Best Architectural Exhibit

Uso

comercial

Cidade

Londres

Arquiteto

Richard Rogers

Fotógrafo